Crianças

As crianças podem necessitar do uso de uma prótese ocular. As causas mais habituais são microftalmia, anoftalmia, retinoblastoma e acidentes.

A primeira experiência da criança com a prótese ocular é muito importante do ponto de vista psicológico e fisiológico, por isso dedicamos todo o esforço necessário para que cada criança e seus pais possam se sentir confortáveis e seguros durante o processo de adaptação. Graças às técnicas e materiais que utilizamos em nosso laboratório as crianças podem usar a prótese sem necessidade de removê-la por o lapso de um mês. Isso é muito importante na rápida adaptação e habituação da criança e da família.

Recomendamos realizar controles periódicos pelo menos a cada quatro meses, já que é muito provável que as próteses devam ser aumentadas dentro do primeiro ano devido ao rápido crescimento da órbita. Entre as idades de dois a cinco anos é recomendável trocar a prótese anualmente por causa do rápido desenvolvimento dos tecidos orbitários, embora esse crescimento e desenvolvimento dependam de cada criança em particular.

A partir dos seis anos de idade esse crescimento estabiliza-se e as próteses têm uma duração mais prolongada.